COVID-19 - PREVINA-SE!

COVID-19: PREVINA-SE!

A AAFIB agradece imensamente à Dra. Socorro Gross, representante da OPAS/OMS no Brasil, à Sra. Patrícia  Lim, chefe de Recursos Humanos da OPAS/OMS, e à Sra. Taináh Péron, assistente do administrador da OPAS/OMS pelo convite para participar da vídeo-conferência com a Dra. Gross sobre o COVID-19, o novo coronavírus. Dentre outras informações, destacamos as medidas de prevenção. Devemos ficar alertas e fazermos a nossa parte.

 

ATENÇÃO:

* FIQUE EM CASA.

* LAVE AS MÃOS SEMPRE  OU UTILIZE ÁLCOOL GEL.

* HIGIENIZE OS OBJETOS USUAIS COM ÁLCOOL ETÍLICO.

* MANTENHA DISTÂNCIA DE 1 METRO, PELO MENOS, DAS PESSOAS PRÓXIMAS.

* SE FOR TOSSIR OU ESPIRRAR, CUBRA O NARIZ E A BOCA COM A PARTE INTERNA DO COTOVELO OU LENÇO E, IMEDIATAMENTE, LAVE AS MÃOS E O ROSTO.

* EVITE TOCAR OS OLHOS, NARIZ E BOCA.

* SE TIVER SINTOMAS DO CORONAVÍRUS (FEBRE, TOSSE E DIFICULDADE EM RESPIRAR), PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA. NÃO SE AUTOMEDIQUE.

* SE TIVER VOLTADO DE VIAGEM, DEVE MONITORAR SEUS SINTOMAS POR 14 DIAS E SEGUIR OS PROTOCOLOS NACIONAIS.

* EVITE EMERGÊNCIAS DE HOSPITAIS, SE TIVER SINTOMAS LEVES (FEBRE, CANSAÇO E TOSSE SECA). PREFIRA ATENDIMENTO PARTICULAR.

COMUNICADOS IMPORTANTES:

1) Membro da AAFIB, se você não recebeu os informativos internos da OPAS/OMS, solicite, por favor, através do e-mail aafib@outlook.com. Neles constam importantes informações sobre hospitais indicados e cuidados com a saúde mental nesse tempo de "quarentena".

 

2) Acesse https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6101:folha-informativa-novo-coronavirus-2019-ncov&Itemid=875, para atualização diária, e https://bvsalud.org/vitrinas/post_vitrinas/post_vitrines/novo_coronavirus, para guias técnicas.

3) Estaremos lançando algumas atividades digitais extras nesse período de "isolamento social". Fique atento ao seu whatsapp e/ou e-mail.

 

4) Se você estiver precisando de alguma ajuda online, entre em contato com nossa gerente digital, Sumaya Garcia, através do celular/whatsapp +55 21 99483-8350. Exemplo: pedidos de supermercado, farmácia, contato com médicos e/ou hospitais ou qualquer necessidade que possa ser feita pela internet de forma segura, sem a inserção de informações pessoais e/ou de crédito. Há meios de compras com pagamento somente na entrega a domicílio. A AAFIB se coloca à disposição para ajudar aos membros. Conte conosco! Você não está sozinho(a)!

Como disse muito bem a Dra. Socorro Gross no final da sua explanação: "Esta emergência está pondo à prova não só a nossa capacidade de vigilância e resposta em nível global, mas também a nossa capacidade de sermos solidários e colaborarmos." 

FAAFI-FAFICS-Logo-283x256_edited.jpg
SOBRE O CONSELHO DO
FUNDO DE PENSÕES

A 66ª sessão do Conselho de Administração do Fundo de Pensão da ONU conclui: estão aprovados o novo Diretor Executivo da Administração de Benefícios de Pensão, o orçamento e as propostas de governança.


Nairobi, 26 de julho de 2019 – Confirmando a excelente saúde financeira do Fundo de Pensão da ONU, a Diretoria do Fundo elegeu um novo Diretor Executivo da Administração de Benefícios de Pensão, recomendou ações para melhorar a governança do Fundo e aprovou seu orçamento anual.  Essas foram, resumidamente, as decisões tomadas na 66ª sessão do Conselho de Administração do Fundo de Pensão, que se realizou em Nairobi (Quênia).

BOA SAÚDE FINANCEIRA, CONTABILIDADE CORRETA E BOM FUNCIONAMENTO - “O Fundo está seguro hoje e assim continuará por muito tempo.  Suas estruturas e características fundamentais têm funcionado bem durante os 70 anos de sua existência”, declarou o Embaixador Philip Richard Owade, do Quênia, novo presidente do Conselho do Fundo.

RELATÓRIO DO 
CONSELHO DA FAFICS

48ª.  Sessão, Viena, 15-17 de julho de 2019

 

Jerry Barton mostrou seus anseios por  uma sessão produtiva e prospectiva em um momento em que alguns forasteiros mostraram intenção numa mensagem voltada para semear a discórdia e a dissensão.

 

A FAFICS é conhecida por sua substância e suporte informativo, garantindo que os planos de pensão dos aposentados e os regimes de seguro de saúde não só sirvam para o presente, mas também, para os futuros funcionários do Sistema das Nações Unidas. 

 

Era essencial que as associações membro trabalhem juntas para que FAFICS continue a ser conhecida por soluções, não para polêmicas.

 

Nesse sentido, o Presidente da ARICSA desejou a todos os presentes uma reunião focada e útil que reforçaria a todos.

IDOSOS ENVELHECENDO: 

ALGUMAS REFLEXÕES

Maria Helena Mueller, membro da AAFIB, com 40 anos de experiência  pelo mundo pela OPAS e UNESCO, apresentou o projeto "Idosos envelhecendo: algumas reflexões", na Assembleia Anual da AAFIB, em agosto desse ano.

Entre os principais assuntos, citou a demografia, que mostra o aumento significativo do número de idosos pelo mundo. Com isso, o crescimento das políticas públicas e assistenciais (ONGs) e mecanismos de assistência aos idosos crescem a cada dia, tendo em vista criar mecanismos de bem estar para atender a todos da terceira idade.

Entre os problemas que esse aumento de expectativa de vida traz, estão discriminação, abuso/violência,  pobreza e inadimplência. O que fazer para evitar isso?

Algumas "soluções" vêm de países desenvolvidos, que se especializam em serviços direcionados, como conselhos de nutrição, atividades físicas, 

residências intergeracionais e eventos culturais, gerando assim também um novo mercado. Clique em "Leia Mais" e confira o projeto completo.

Saudosas lembranças

 

Por Henri Jouval Jr.

Trabalhei na Organização Pan Americana de Saúde/ Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS)

durante 18 anos (1986-2004), em três países: Argentina, México e Chile.

 

Como tal, tenho muitas recordações para compartilhar.

 

Entretanto, considero importante registrar, previamente, até por razões éticas, alguns pontos, que me parecem apropriados para contextualizar o meu relato. Todos eles são conhecimentos gerais, de domínio público, mas que, devido à especificidade, muitas pessoas desconhecem.

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) é uma das agências das Nações Unidas (ONU) e, portanto, se rege pelos mesmos princípios que as demais. Foi criada em 07 de abril de 1948, depois da Segunda Guerra Mundial. Abarca 194 países. Não é uma “superestrutura” internacional. Não é uma “polícia internacional” da Saúde. Sempre atua por poder “delegado” pelos países, respeitando a soberania dos mesmos. (Figura 1)

 

Suas atribuições principais são:

 

a - Gestão do Regulamento Sanitário Internacional: contém as normas sanitárias de âmbito internacional, que os países devem observar, no que diz respeito à “segurança” sanitária mundial. O Regulamento é atualizado periodicamente (última versão em 2005), submetido e aprovado pelos países, em Assembleias Mundiais. Há temas que são rotineiros, como a exigência de determinadas vacinas para viajantes nacionais e internacionais, dependendo do local de destino. Outros são episódicos, como aconteceu na década de 1990, sobre a ocorrência de Cólera no nosso continente. Somente depois da comunicação oficial do Governo do Peru, a Organização Mundial da Saúde acionou o Regulamento Sanitário e divulgou o reaparecimento de Cólera, “recomendando” aos países a adoção das medidas cabíveis.

 

UNFPA (1).png
download.jpg
O QUE ROLOU NA ASSEMBLEIA DA AAFIB 
SETEMBRO DE 2015
 
AAFIB
 
Endereço: Centro de Informações da ONU/UNIC-Rio - Palácio Itamaraty - Av. Marechal Floriano, 196 - Centro  
Rio de Janeiro - R.J. - CEP.: 20080-002
                                                      

AAFIB © Copyright 2015. Todos os direitos reservados.