Gilmário Mourão Teixeira

 

FILIAÇÃO – Gil Teixeira Bastos e Maria Cecília Teixeira

 

NATURALIDADE – Jaguaribe – Ceará

 

DATA DE NASCIMENTO  - 25 de Dezembro de 1919

 

ESCOLARIDADE – Secundária: Liceu do Ceará,1936-1940; Colégio Oswaldo Cruz, Recife,1941; Ginásio Pernambucano,1942.  Superior: Faculdade de Medicina da Universidade do Recife (atual Universidade Federal de Pernambuco), 1943-1948.

 

GRADUAÇÃO – Médico, Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco, 1948.

 

PÓS-GRADUAÇÃO – Doutor em Medicina, Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco, 1956. Título obtido em virtude de concurso de provas e títulos para Livre-Docente de Tisiologia.

 

APERFEIÇOAMENTO MÉDICO – Tuberculose e Doenças do Aparelho Respiratório, Universidade da Bahia, 1952; Tisiologia e Exploração Funcional Respiratória, Cátedra de Patologia e Clinica da Tuberculose, Universidade de Buenos Aires, 1954;  Medicina Torácica, Michel Reese Hospital, Chicago, USA, 1962; Controle de Tuberculose, Departamento de Saúde Pública, Washington, D.C., USA, 1962;  Radiologia Pulmonar, Universidade de Cincinnatti, USA, 1962; Pneumologia, Montefiore Hospital, New York, USA, 1962 e Brompton Hospital, Londres, Inglaterra, 1966.

 

PRINCIPAIS TÍTULOS, CARGOS E FUNÇÕES UNIVERSITÁRIOS

Prof. Assistente da Cadeira de Patologia Geral da Faculdade de Medicina do Ceará, 1950; Prof. de Anatomia e Fisiologia da Escola de Serviço Social do Ceará, 1950; Prof. de Patologia Geral da Escola de Enfermagem São Vicente de Paulo, Ceará, 1951;   Prof. Catedrático de Patologia Geral da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (FMUFC), 1954; Livre-Docente de Tisiologia, por concurso público de provas e títulos  da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco (UFP), 1956; Membro do Conselho Universitário da UFC, 1964; Prof. de Tuberculose no Departamento de Medicina Preventiva da FMUFC, 1964; Diretor e Professor do Curso de Especialização em Pneumologia  da FMUFC, 1964; Chefe do Departamento de Medicina Preventiva da FMUFC, 1967; Membro do Conselho Departamental da  FMUFC, 1967; Orientador de Tese de Mestrado em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública, Rio de Janeiro, 1988; Membro da Banca Examinadora dos seguintes concursos: Doutorado da   FMUFC, 1956; Catedrático de Patologia e Terapêutica Aplicadas da Faculdade de Odontologia da UFC, 1957; Livre-Docência de Patologia Geral da Faculdade de Medicina da UFP, 1960; Livre-Docência de Cirurgia da  FMUFC, 1964; Mestrado em Doenças Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), 1985.

 

CARGOS E FUNÇÕES EM ORGANISMOS NACIONAIS

Médico do Departamento de Serviço do Pessoal do Estado do Ceará, 1949; Médico Assistente do Serviço de Tuberculose da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza, 1950; Médico Tisiologista, por concurso público, do Instituto de Previdência do Estado do Ceará, 1950; Médico Tisiologista do Serviço Social do Comércio, Fortaleza, 1951; Diretor do Sanatório de Maracanaú do Ministério da Saúde, 1952; Médico Tisiologista, por concurso público, do Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Comerciários, 1953; Diretor da Divisão Médica do Sanatório de Maracanaú do Ministério da Saúde, 1958; Superintendente, para o Ceará, da Campanha Nacional contra a Tuberculose do Ministério da Saúde, 1961; Chefe da Equipe de Tuberculose do Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social, Rio de Janeiro, 1981; Coordenador do Curso Nacional de Pneumologia Sanitária, Ministério da Saúde/Escola Nacional de Saúde Pública, Rio de Janeiro, 1981; Professor no Curso Nacional de Pneumologia Sanitária, Ministério da Saúde/Escola Nacional de Saúde Pública, Rio de Janeiro, 1981 a 1991; Coordenador de Ensino e Pesquisa da Campanha Nacional contra a Tuberculose do Ministério da Saúde, Rio de Janeiro, 1986; Coordenador de Desenvolvimento Técnico da Campanha Nacional contra a Tuberculose do Ministério da Saúde, Rio de Janeiro, 1987; Assessor Técnico do Centro de Referência Prof. Hélio Fraga do Ministério da Saúde, Rio de Janeiro,1992; Editor do Boletim de Pneumologia Sanitária do Ministério da Saúde, Rio de Janeiro 1988-2008; Membro do Comitê Técnico Assessor em Tuberculose do Ministério da Saúde, Brasília, 2002; Conselheiro da Fundação Ataulpho de Paiva, Rio de Janeiro, 2005.

 

CARGOS E FUNÇÕES EM ORGANISMOS INTERNACIONAIS

Assessor em Tuberculose e Infecções Respiratórias Agudas da Organização Pan-americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde, (OPS/OMS), junto ao Ministério de Saúde de Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela e México, 1970-1980; Membro do Painel de Peritos em Tuberculose da Organização Mundial de Saúde, 1982-1994; Coordenador  do Curso Internacional de Epidemiologia e Controle da Tuberculose, OPS/OMS, Caracas, Venezuela, 1974-1977; Professor, provido pela OPS/OMS, para os  Cursos de Epidemiologia e Controle da Tuberculose dos Ministérios de Saúde do Chile, Argentina, Peru, Colômbia, Venezuela, Cuba e México, 1970-1987.

 

SOCIEDADES MÉDICAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS  

Presidente do Centro Médico Cearense,1955; Presidente da Sociedade Cearense de Patologia Respiratória, 1955 e 1958; Presidente da Federação Brasileira das Sociedades de Tuberculose,1955; Membro do Conselho Deliberativo da Associação Médica Brasileira, 1955; Delegado do Centro Médico Cearense junto à Associação Médica Brasileira, 1968; Representante da Federação Brasileira das Sociedades de Tuberculose, junto à “Union Internationale contre la Tuberculose”, 1961;  Membro Conselheiro da “Union Internationale contre la Tuberculose, 1965; Membro da “American Thoracic Society”; Membro do “American College of Chest Physicians”; Membro da “Union  Internationale contre la Tuberculose et les Maladies Respiratoires.

PARTICIPAÇÃO OFICIAL EM CONGRESSOS E SEMINÁRIOS

Co-relator de tema oficial da III Conferência Nortista de Tisiologia, Manaus, 1953; Presidente do VIII Congresso Nacional de Tuberculose, Fortaleza, 1955; Co-relator de tema oficial do IX Congresso Nacional de Tuberculose, Niterói, 1956; Relator de tema oficial da IV Conferência Nortista de Tisiologia, Belém, 1957; Co-relator de tema oficial do X Congresso Nacional de Tuberculose, São Paulo, 1958; Representante da Faculdade de Medicina da UFC, na II Conferência de Faculdades Latino-Americanas de Medicina, Montevidéu, Uruguai, 1960; Co-relator de tema oficial do XI Congresso Nacional de Tuberculose, Porto Alegre, 1961; Co-relator de tema oficial do XII Congresso Nacional de Tuberculose, Vitória, 1963; Co-relator de tema oficial do XIII Congresso Nacional de Tuberculose, Belém, 1966; Expositor de tema oficial do XIV Congresso Nacional de Tuberculose, Belo Horizonte, 1968; Co-relator de tema oficial do “XVII Congreso Panamericano de Tuberculosis y Enfermedades del Aparato Respiratório, Asunción, Paraguay,” 1971; e mais: 26 apresentações em congressos nacionais; 16 apresentações em sociedades médicas nacionais; 28 apresentações em seminários nacionais; 5 apresentações em congressos internacionais; 12 apresentações em seminários internacionais.

 

HONRARIAS

Medalha da Organização Pan-americana da Saúde/Organização Munidal de Saúde;          Medalha José Ignácio Baldó do Ministério da Saúde da Venezuela;                                               Medalha da Fundação Serviço de Saúde Pública, Ministério da Saúde, Brasil;                   Medalha Hélio Fraga do Centro de Referência Prof.Hélio Fraga, Ministério da Saúde, Brasil; Medalha da Liga Espiritossantense contra a Tuberculose;                                                                     Medalha Jurandir Picanço da Faculdade de Medicina da UFC;                                                            Comenda Barão de Studart outorgada pelo Centro Médico Cearense;                                                    Título de Menção Honrosa da Câmara Municipal de Fortaleza;                                             Medalha de Mérito da Sociedade Cearense de Pneumologia e Tisiologia denominada “Medalha Prof.Gilmário Mourão Teixeira”; Sócio Honorário do Centro Médico Cearense;                                Membro Honorário das Sociedades de Tuberculose e Doenças Respiratórias do Uruguai, Venezuela, Chile e Peru;                                                                                                                                   Membro Honorário da Academia Cearense de Medicina; detentor do Troféu Sereia de Ouro concedido aos cearenses que se destacam como profissional e cidadão.

 

PUBLICAÇÕES 

- “A cura aberta da caverna tuberculosa do pulmão”, Tese para obtenção do título de Livre-Docente em Tisiologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco, edição do autor, Fortaleza, 1956.

- Coautor do livro “Control de Tuberculosis en América Latina”, OPS/OMS, Washington, DC, USA, 1979.

- Coautor do livro “Controle da Tuberculose  -  uma proposta de Integração Ensino-Serviço”, Ministério da Saúde, Brasília, 1988. 

- Coautor do livro “Tuberculose – Guia de Vigilância Epidemiológica”, FUNASA, Ministério da Saúde, Brasília, 2002.

- Soro coagulação de Weltmann no prognóstico da tuberculose pulmonar. Rev Acad Med 1948; 1:16.

- Contribuição ao estudo da endemia amebiana na cidade do Recife. Arq Med Cirurg de Pe 1949; 1:117.

- Broncografia contro-lateral dos segmentos superiores do pulmão. Ceará Médico 1951; 1-3:6.

- Pneumoperitôneo no tratamento das formas avançadas de tuberculose pulmonar. Ceará Médico 1951; 7-9:21.

- Indicações segmentares da frenicoparalisia. Ceará Médico 1952; 10-12:35.

- BCG em portadores de lepra lepromatosa. Rev Pern Tisiol 1953; 1:267.

- Armamento anti-tuberculose do Estado do Ceará. Rev Pern Tisiol 1954; 2:125.

- Nova técnica de exploração broncográfica. Ceará Médico 1955; 2:34.

- Revisão de tuberculosos curados no Sanatório de Maracanaú. Ceará Médico 1957; 2:135.

- O Sanatório em face do estado atual da luta contra a tuberculose. Rev Serv Nac Tub 1958; 2:179.

- Volumes pulmonares – resultados em sadios. Rev Brasil Tub e Doenças Torac 1958; 26:197.

- Problemas médicos, cirúrgicos e sociais dos processos residuais de tuberculose pulmonar, resultantes do tratamento.  Anais do X Congresso Nacional de Tuberculose, São Paulo 1958; p.607  

- Rastreio de tuberculosos curados no Sanatório de Maracanaú.  Rev Serv Nac Tub 1960; 4:431.

- Experiência de quimioterapia de reserva em tuberculosos eliminando bacilos resistentes às drogas Standard. Rev Serv Nac Tub 1965; 33:23.

- El tratamiento ambulatorio en los programas de control de la tuberculosis en la América Latina. Anales del XVII Congreso Panamericano de Tuberculosis y Enfermedades del Aparato Respiratorio, Asunción, Paraguay 1971; p. 339.

- La acción tratamiento en los programas de control de la tuberculosis. Anales del X Congreso Nacional de Tuberculosis y Enfermedades Respiratorias, Tacna, Peru 1972; p. 81.

- Recent progress in tuberculosis chemotherapy aplicable to public health programs. Bull Pan American Sanitary Bureau 1973; 7:34.

- El control de la tuberculosis. Higiene (México) 1978; 28:197

- Tuberculose – Problema de administração sanitária. Rev Div Nac Pneum Sanit 1978; 22:107.

- Programación en tuberculosis para la América Latina. Rev Tisiol y Neumon (Venezuela) 1983; 22:39.

- Estudo comparativo de   respostas de duas vacinas BCG em crianças de zero a dois meses. (co-autor). Bol Camp Nac Tub 1988; 2:6.

- Aspectos prioritarios para evaluar el tratamiento de la tuberculosis. In: Organización Panamericana de la Salud. IV Seminario Regional de Tuberculosis. Washington, D.C. 1988, p.29.

- Sanatório de Maracanaú – subsídios à descrição de seu papel no combate à tuberculose no Ceará. Anais da Academia Cearense de Medicina 1989 a 1992; p.237.

- Perguntas e respostas sobre tuberculose na Internet (co-autor). Bol Pnem Sanit 1998; 6:62.

- Tuberculose pulmonar sem confirmação bacteriológica. (co-autor) Bol Pneum Sanit 1998; 6:44.

- A tuberculose no Brasil e no mundo. (co-autor). Bol Pneum Sanit 2001; 2:9.

- O controle da tuberculose em área do Distrito de Campos Elíseos de Duque de Caxias,RJ. (co-autor) Bol Pneum Sanit 2002; 10:13.

- Análise da situação da tuberculose no Brasil nos anos noventa e início da década atual. (co-autor). Bol Pneum Sanit 2005; 13:133.

- Porque ainda falar sobre tuberculose. Anais da Academia Cearense de Medicina 2005-2006; p

- Retrospecto do controle da tuberculose no Brasil.(coautor) Ver. Saúde Pública 2007; 41(Supl 1):50.

- Autor de 32 editoriais do Boletim da Campanha Nacional contra a Tuberculose, Ministério da Saúde, sucedido por Boletim de Pneumologia Sanitária, e, por último, Revista Brasileira de Pneumologia Sanitária.