BOLETIM AAFIB 126 - OUTUBRO / NOVEMBRO / DEZEMBRO 2018

Associação dos Antigos Funcionários Internacionais do Brasil                                                                      

(aafib.net)    Fundada em 1987       Afiliada à  FAFICS

ANEXO I


47a. REUNIÃO DO CONSELHO DA FAFICS
Roma, 20-25 Julho 2018

Summary of Significant Decisions of the Council  Two new associations joined FAFICS, namely Mauritania and Madagascar,
bringing the total to 63. (Agenda Item 1)


 The Council rejected the recommendations in the OIOS Audit of the Governance of the Pension Board that proposed direct election of retiree representatives to the Pension Board (see Agenda Item 5a). The Council drafted a strong communique that regrets the audit report’s error-ridden status and lack of dialogue in the audit process and rejects the recommendations that interfere in the internal procedures of FAFICS and exceed the OIOS mandate (Agenda Item 13f).


 The Council rejected the recommendations in the same audit calling for more frequent meetings of the Pension Fund’s Standing Committee (Agenda Item 5a)


 The Council opposed a recommendation in the HLCM’s FB Network Working Group on ASHI to increase the eligibility tenure for After-Service Health Insurance to 15 years and presented its own recommendation, based on reduction factors for staff who retire early. (Agenda Item 7)


 The Council elected Marco Breschi, FFOA, as the new FAFICS President, thanking Linda Saputelli for her four years as President and awarding her the status of President Emeritus and designating her as a Special Advisor to the FAFICS Bureau for the coming year (Agenda Item 10a). The Council elected Pierre Sayour, AAFI-AFUS France, as the new FAFICS Secretary, replacing Jay Sundaresan who had

served for eight years. The Council thanked Mr. Sundaresan for his service and awarded him the status of Secretary Emeritus.


 The Council elected new vice-presidents, namely Katia Chestopalov (AAFI-AFICS Geneva), Ari Toubo Ibrahim (AAFNU-N. Niger), Mario La Fuente (AFICS-Chile), Junko Sato (AFICS-Japan), Carlos Santos Tejada (AFICS-Panama), A.K. Masood Ahmed, (AFUNSOB Bangladesh) and Jerry Barton (ARICSA Austria) (Agenda Item 10a). The existing officers of the Standing Committees were appointed for another two-year term (Agenda Item 10b). Wolfgang Milzow continues as Treasurer.


 Considering the ongoing issues and the OIOS audit, in the interest of continuity the Council agreed that the present representatives of FAFICS to the Pension Board should continue for another year (Agenda Item 11).


 The Council also confirmed Adama Pierre Traoré, the President of AAFNU-BF (BurkinaFaso) as Special Advisor for the establishment of new associations. 


Relatório completo do Conselho da FAFICS no WEBSITE da AAFIB (AAFIB.NET)

ANEXO II


CADERNETA DE SAÚDE DA PESSOA IDOSA

O Ministério da Saúde compreende o envelhecimento populacional como uma conquista e um triunfo da humanidade no século XX, mas reconhece que existem muitos desafios para que o envelhecimento aconteça com qualidade de vida. No
campo das políticas e dos programas dirigidos à população idosa, o desafio é contemplar seus direitos, suas preferências e suas necessidades, para a manutenção e a melhoria da sua capacidade funcional, garantindo a atenção integral à sua saúde.
A Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa integra um conjunto de iniciativas que tem por objetivo qualificar a atenção ofertada às pessoas idosas no Sistema Único de Saúde, instrumento proposto para auxiliar no bom manejo da saúde da pessoa idosa,
sendo usada tanto pelas equipes de saúde quanto pelos idosos, por seus familiares e cuidadores.

 

É muito importante que seu preenchimento se dê por meio de informações cedidas pela pessoa idosa, por seus familiares e/ou cuidadores, para compor o Plano de Cuidado, a ser construído em conjunto com os profissionais de saúde. A Caderneta
permitirá o registro e o acompanhamento, pelo período de cinco anos, de informações sobre dados pessoais, sociais e familiares, sobre suas condições de saúde e seus hábitos de vida, identificando suas vulnerabilidades, além de ofertar orientações para o seu autocuidado.


Desejamos que a Caderneta contribua para qualificar a atenção à pessoa idosa no SUS. 

 

Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa DA ET/SAS/MS

A Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa, antes de mais nada, é uma excelente Carta de Orientação para o idoso e seus familiares. E através do número de telefone 136 pode se ter acesso para solicitações e orientações sobre atendimento do serviço
público. Pode ser obtida nos Postos de Saúde no Brasil inteiro. Na Caderneta o idoso pode ir registrando todo o seu histórico de saúde, o que pode facilitar bastante seu atendimento.