BOLETIM AAFIB 123 - JANEIRO /  MARÇO 2018

Associação dos Antigos Funcionários Internacionais do Brasil                                                                      

(aafib.net)    Fundada em 1987       Afiliada à  FAFICS

Nosso primeiro Boletim do novo ano deseja a todos os colegas associados muita paz, muita saúde, momentos de festa e alegria, redução da violência, baixa inflação, Copa do Mundo festiva e emocionante, campanha política criativa e bons resultados eleitorais para o país. Mas devemos nos preparar para tempos agitados e imprevisíveis, atentos às notícias sobre nosso Fundo de Pensões, torcendo para que as autoridades nacionais assumam atitudes mais responsáveis em favor da população e enfim desfrutando de cada oportunidade de vida. Todos já se deram conta que o tempo mudou de ritmo, passa agora muito depressa, jogando contra nossa geração de mais antigos. Os anos não têm mais aquele charme de antigamente, quando duravam uma eternidade e ficavam marcados por eventos significativos. Atualmente passam tão rápidos que não dá tempo de curtir e tornar-se eternos em nossas mentes. Estamos no verão, coisa mais linda em país tropical. Então os convido para curtir efetivamente nossa curta temporada mais quente. Vamos guardar nos armários nossa roupa mais pesada que pelo pouco uso dura por anos e anos e se mantém em moda no momento certo. Estaremos habilitados para descobrir as eternas vantagens da estação: a claridade forte, a praia, os esportes externos, as pessoas mais iluminadas e o corpo mais disposto e exibido. Enfim, vamos jogar com o calendário e suas diferenças que nos ajudam a mudar de disposição, interesses, vaidades e utilidade, com o tempo guiando nossas emoções. Bem-vindos a 2018!

A IMPRESCINDÍVEL NAÇÕES UNIDAS

Ao criar um padrão civilizatório para o planeta Terra e ao identificá-lo com os princípios e valores ocidentais gerados a partir da tradição greco-romana, a ONU presta um serviço indispensável ao mundo moderno. Por vezes se pensa que custa muito caro e que se estendeu demais por espaços e caminhos acima do desejado ou esperado, assumindo responsabilidades acima de seu peso. Avaliações institucionais podem encontrar aqui e ali funções que perderam o sentido no tempo e persistem apenas por inércia, mas no conjunto essencial fica difícil imaginar um mundo sem a ONU. Acontece que a realidade mundial gera o crescimento de países que acumulam excesso de poder e aspiram a dominação internacional que creem compatível com suas dimensões econômicas e políticas. Esses países entram em disputa com a própria ONU, mas ao contrário do sentimento de que podem substituí-la, só reforçam a demonstração de sua indispensabilidade. Mesmo na fria análise de custo-benefício já foi provado que os serviços prestados pela ONU economizam gastos elevados que unilateralmente qualquer potência teria de gastar para manter suas pretensões de poder.

 

Fanfarras à parte, o mundo continua girando em torno do esquema organizacional gerado coletivamente pelas nações do planeta e mantido nessa perspectiva pluralista.

 

FESTAS DE FINAL DE ANO

 

O Núcleo de Brasília da AAFIB (AAFIB\DF) . festejou o Fim de Ano com uma recepção na residência do presidente Giovanni Quaglia. As fotos que publicamos mostram o ambiente de cordialidade que imperou na ocasião, congregando muitos colegas e familiares. Giovanni e sua esposa Lisiane proporcionaram uma noite de confraternização dentro do espírito natalino e de encerramento de mais um calendário.

FIM DE ANO NO CENTRO PANAFTOSA\OMS

O PANAFTOSA realizou sua tradicional festa de fim de ano reunindo seus funcionários e o pessoal aposentado, com familiares e amigos. Mais uma vez com sorteio de prêmios e a presença de seu diretor Ottorino Cosivi

 

Reunidos na foto os associados da AAFIB originários daquele Centro que participaram da confraternização e ao lado o diretor ao microfone.

REUNIÃO DAS ASSOCIAÇÕES REGIONAIS (AFICS\AAFIB)

A Reunião via Internet está prevista para realizar-se em 15 de março. A agenda está sendo preparada sob a coordenação da AFICS/Panamá. A eleição e o funcionamento da FAFICS estarão seguramente incluídos. A melhoria das comunicações com as AFICS poderá ser objeto de interesse geral. A importância crescente das reuniões regionais precisa ser ressaltada e defendida, embora não conste dos regulamentos da FAFICS. A própria Federação precisa aumentar sua visibilidade e garantir o acesso, voz e voto em instâncias decisórias do Sistema (como o Fundo de Pensões) onde os interesses dos aposentados sejam discutidos ou decididos. E discutir sobre eventual definição das responsabilidades dos vicepresidentes da FAFICS. O presidente Giovanni Quaglia participará da reunião e levará as questões que temos debatido entre nós.

PRÓXIMA REUNIÃO DO CONSELHO DA FAFICS

Esta reunião será realizada entre 20 e 26 de julho na FAO, Roma. Já foi distribuída a agenda provisória, que inclui, como de praxe, uma reunião com o diretor executivo do Fundo, Sergio Arvizu, e o responsável pelas finanças do Fundo, recém-nomeado, Sudhir Rajkumar (Divisão de Gestão de Investimentos), que representa o Secretário-geral, António Guterres, em todas as questões relativas à gestão de investimentos do Fundo.

 

Também haverá exame de relatórios do Comité Permanente da FAFICS sobre Questões de Pensão, cujo presidente é Gerhard Schramek, e do Comité Permanente de ASHI (seguro de saúde) cujo presidente é Georges Kutukdjian.

 

Neste Comitê se discute a defesa dos direitos adquiridos por aposentados e pensionistas, a manutenção de serviços de saúde de qualidade, de acordo com as necessidades dos aposentados e ainda o maior controle dos serviços de saúde externos, tais como CIGNA, pelas agências do Sistema.

 

Além disto, haverá eleições de dirigentes e designação de autoridades da FAFICS. Convites à apresentação de candidaturas para a eleição devem ser enviados pela FAFICS para todas as Associações afiliadas, pelo menos seis semanas antes da reunião do Conselho.

CERTIFICADO DE TITULARIDADE (CE)

Os aposentados ou beneficiários do Fundo de Pensão que recebem o pagamento de um benefício mensal regular devem apresentar um certificado de sobrevivência com código de barras ao Fundo corretamente assinado e datado. O Fundo agora envia este certificado pelo correio entre abril e maio de cada ano e deve receber esse certificado pelo meio do ano a fim de assegurar a continuidade do pagamento de seu benefício.

 

Isto foi realizado a partir de 2017 (espera-se, portanto, que, em abril, maio de 2018 os aposentados começarão a receber seus certificados de sobrevivência/propriedade). Informações detalhadas e conselhos sobre o exercício e os requisitos do certificado anual de títularidade (CE) estão na página da web específica em unjspf.org: https://www.unjspf.org/certificate-of-entitlement/. Em qualquer dúvida não deixe de consultar-se com a AAFIB.

NOTAS SOBRE O FUNDO DE PENSÕES

Os aspectos financeiros, como é conhecido o mercado acionário, tiveram um desempenho muito bom no ano de 2017 e o Fundo não foi uma exceção, atingiu um recorde USD 63,1 milhões (de 29 de novembro de 2017) e um retorno acumulado de 16.76%. Isto é uma grande notícia para todos nós, que nos permite garantir a solidez financeira do Fundo. Dependendo da maneira que usa o termo, a base financeira pode ter diferentes significados. Para contabilistas e outras pessoas que leiam e consultem as demonstrações financeiras do Pension Fund, significa que seus ativos são suficientes para cobrir sua responsabilidade acumulada, que é equivalente ao montante de dinheiro necessário para cobrir os benefícios da todos os afiliados se o plano é cancelado hoje. Atualmente, o Fundo tem recursos suficientes para pagar todas as prestações devidas aos beneficiários (aposentados e pensionistas), bem como os benefícios acumulados até à data por todos os funcionários. (Os benefícios acumulados até à data é igual ao benefício com base no período de contribuição e taxas de remuneração pensionável à data). Esta excelente solidez financeira fornece segurança à percepção de aposentadoria ou beneficiários de pensões.

No entanto, a força financeira pode ter um significado diferente para a Divisão de Gestão de Investimento (ACABQ) e à Diretoria do Fundo, que definem a estratégia de investimento e monitoram a solvência a longo prazo do Fundo de Pensão. Deste ponto de vista e com uma perspectiva de longo prazo, a solidez financeira significa que se espera que a taxa atual de contribuição de 23,7 por cento da remuneração pensionável (funcionários fornecem 1/3 e afiliadas 2/3) resultará suficiente, pelo menos nos próximos 30 anos. Isto é, o dinheiro que flui (contribuições e rendimentos de capital) deve ser suficiente para cobrir o que se precisa para o pagamento dos benefícios em curso e dos benefícios futuros ainda não pagos. Também nesta perspectiva, o Fundo exibe excelente solidez financeira.

COMO PODEMOS NOS COMUNICAR COM O FUNDO DE PENSÃO?

O Fundo de Pensões criou um serviços de clientes com capacidade de responder através de um centro de telefone que funciona de segunda a sexta. O método preferido, mais simples e eficaz para se comunicar com o Fundo é enviando um formulário de e-mail através do seu website. Não envie sua pergunta para uma pessoa específica, simplesmente envie através do formulário de contato disponível no site a www.unjspf.org (https://www.unjspf.org/contact-us) sua pergunta será identificada por tópico, você será rastreado e transferido diretamente para a unidade do Fundo responsável pelo seu caso, em Nova York.

Você receberá uma resposta automática inicial e informações úteis enquanto aguarda uma resposta detalhada do Fundo no que se refere ao tópico específico. Se esta resposta de primeiro nível não for recebida no prazo de dois dias, procure no seu lixo eletrônico (sociais, promoções, Spam...).

Enquanto isso, sua pergunta será adicionada à fila de mensagem para receber uma revisão detalhada e uma resposta personalizada por um especialista. Consultas são atendidas por ordem cronológica de acordo com sua ordem de recepção no prazo de 15 dias, embora algumas consultas possam exigir mais tempo.

Entretanto, todas as questões urgentes relacionadas com morte (morte de um aposentado ou beneficiário queixa) ou a interrupção do pagamento de um benefício mensal podem ser informadas ao Fundo de Pensões através do formulário de e-mail do website;

Pode escrever para as duas caixas especiais de correio listadas na seção de assistência urgente do website: deathrelated@unjspf.org e paymentstopped@unjspf.org; é atribuída prioridade a estas consultas, e o Fundo de Pensões irá se comunicar com você dentro de um período de 3 a 5 dias de trabalho.

SEGURO DE SAÚDE COMPLEMENTAR

Como tem sido divulgado, o presidente da AAFIB, Giovanni Quaglia, tomou a iniciativa de buscar um reforço para compensar os limites reduzidos dos seguros de saúde patrocinados pelo Sistema ONU, no caso mais específico os valores do seguro com CIGNA.

 

Importante entender que a busca por uma proposta de seguro saúde para membros da AAFIB foi motivada pelo fato que alguns planos de saúde das Nações Unidas possuírem um limite de gastos anuais em torno de R$90 mil. o MIP (Medical Insurance Plan) tem boa cobertura preventiva, de clinica médica, exames, serviços ambulatoriais e assistência dentária. Entretanto, o teto de gastos de R$90 mil é facilmente atingido no caso de qualquer internação cardíaca, por exemplo, ou uma emergência ortopédica com cirurgia. Mas o MIP não é o único exemplo, muitos outros planos, apesar de mais completos, podem sucumbir aos assustadores preços da medicina no país quando o enfermo precisa se manter hospitalizados em longos períodos incluindo cirurgia e tratamento intensivo.

 

Foi então iniciado um contato com Pacific Prime, através de sua representante na região, Anelise Moraes, Sales Manager. A Pacific Prime é uma Corretora Internacional de Seguros de Saúde que atua primordialmente em Hong Kong, Shanghai, Beijing, Dubai, Singapore, Emirados e atualmente está expandindo sua cobertura para as Américas. 70% dos novos negócios estão dirigidos a indivíduos e famílias. O seguro poderá incluir, na mesma apólice, cobertura para esposa, filhos (ate 24 anos), até namorado, com preços individuais. . A prestação de contas é por meio de formulário, que é escaneado e enviado. Em todas essas empresas seguradoras há pessoas falando português. Para a adesão é preciso observar as questões etárias, os planos seletivos e as alternativas. Portanto, precisa ter uma entrevista com Anelise Moraes.

 

Pacific Prime é uma corretora de seguros saúde com sede em Hong-kong e que opera há 20 anos no mercado. Abrirão o primeiro escritório nas Américas, provavelmente no México. É uma corretora que além de vender o seguro, auxilia na escolha adequada do produto, presta informações sobre a tabela de benefícios, reembolsos, autorizações de cirurgia, mesmo que o segurado mantenha contato direto com a seguradora. E faz renovações da apólice.

 

A proposta apresentada pela Pacific Prime elencou seguros de três seguradoras diferentes: GBG, VUMI e Best Doctors. Para cada uma dessas seguradoras ela selecionou dois planos diferentes. Importante registrar que as seguradoras não estão limitadas a estes dois planos. A proposta foi apresentada em forma de planilha o que permite ao interessado analisar as diferentes coberturas, características e preços dos planos. Importante ressaltar que há vários outros tipos de seguro. A amostra foi desenhada apenas para quem já possui um plano de saúde e busca maior segurança para emergências médicas que não serão cobertas pelo seu plano de saúde ou que ultrapassam o limite do seu plano de saúde original.

Colaboração: Cintia Freitas, membro da AAFIB

Se você está interessado e tem dúvidas, entre em contato com a AAFIB ou diretamente com a nossa agente Anelise Moraes, se apresentando como associado da AAFIB. Anelise Moraes, Sales Manager da Pacific Prime, anelise@pacificprime.com,

Reunião de Dezembro da AAFIB\ Brasília\DF

A reunião foi coordenada por Giovanni Quaglia, Presidente da AAFIB, em substituição de Ralph Hakkert, Diretor do Núcleo de Brasília em viagem ao exterior. Maria Dulce Almeida secretariou a sessão.

 

Apresentação de novos Associados

 

Celso Salatino Schenkel, aposentado da UNESCO, fez uma breve apresentação do seu CV para formalizar a inscrição na Associação.

 

Roda de apresentações

 

O colega Heitor Gurgulino de Souza que além da apresentação pessoal , mencionou as reuniões internacionais da Academia Mundial de Arte e Ciência, AMAC, das quais tem participado na Europa.

 

Campanha para aumentar o número de associados

O número de associados no núcleo de Brasília passou de 39 para 44, com a inclusão dos seguintes novos colegas além de Celso Salatino Schenkel presente na reunião:

 

Bernardo Marcelo Brummer (UNESCO)

Edson José Alves Fogaça (UNESCO)

Maria Ligaya Abeleda Fujita (FNUAP/PNUD)

Sizue Imanishi (UNICEF)

Alzira Silva (PNUD), esperada para breve.

 

Segundo dados fornecidos pelo presidente, existem cerca de 110 beneficiários do Fundo de Pensões das Nações Unidas em Brasília. Torna-se necessário uma campanha de motivação desses colegas para que se associem à AAFIB. Um dos argumentos para essa motivação é entre outros, o apoio que a Associação pode fornecer principalmente no esclarecimento das várias circulares em língua estrangeira, que são enviadas pelo Fundo e que muitas vezes são de difícil compreensão.

 

O grupo foi informado que Lucien André Muñoz, que foi representante da UNESCO no Brasil, integrou o Núcleo AAFIB do Rio de Janeiro.

 

Contribuições ao conteúdo do Boletim AAFIB

 

Foi reconhecida a importância do Boletim AAFIB como veículo de comunicação e informação sobre matéria de interesse dos associados. Ao empenho e capacidade de seu editor, João Carlos Alexim, se deve sua excelente qualidade. No entanto o apoio de colegas é imprescindível. A colega Junia Púglia prometeu contribuir em breve com artigos de sua autoria.

 

Seguro de saúde complementar

 

O Presidente da AAFIB informou que já tem uma lista de 30-35 interessados (20 de Brasília) neste tipo de seguro. A Corretora Pacific Prime poderá iniciar os contatos com cada interessado entre Dezembro 2017 e Janeiro 2018. A negociação entre a AAFIB e esta corretora estuda a possibilidade de os interessados serem tratados como ‘grupo de afinidade’ e assim, conseguir um desconto nas cotizações.

 

Calendário e temas para apresentação e debate em 2018

 

O grupo decidiu manter 4 reuniões anuais às quartas tentando evitar a reunião no mês de dezembro. As datas são as seguintes:

 

28 de fevereiro: Luciano Meneses Cardoso da Silva especialista em Recursos Hídricos da Agência Nacional de Águas, ANA, fará uma palestra sobre o tema Água.

 

09 de maio: O colega Heitor Gurgulino de Souza fará uma palestra sobre os temas de suas discussões internacionais mencionadas acima.

 

29 agosto: O Presidente fará um debriefing da 47a reunião da FAFICS em Roma, prevista de 20 – 25 julho 2018.

 

21 novembro: O colega Schenkel organizará, in loco, a reunião com apresentação do trabalho do Laboratório de Produtos Florestais, LPF, do Serviço Florestal Brasileiro. S

 

Outros assuntos

 

(i). Foi sugerida pelo presidente a visita a alguma casa de repouso no DF para que o Núcleo de Brasília conheça os serviços e os custos envolvidos em "long term care", mesmo que os associados queiram manter um familiar em casa apesar do volume de adaptações necessárias (banheiros, quarto, etc.). Informou que a casa de repouso Videiras, em Sobradinho-DF, pode servir de referência. Informou ainda que a multinacional francesa Orpea Clinea Groupe vai construir asilos de luxo no pais começando pelo Rio de janeiro, a partir de 2020 (Notícia do Correio Brasiliense).

 

(ii) Foi recomenda a colaboração com a colega Maria Helena Mueller do Rio de Janeiro, sobre o tema " Ageing" .

 

Participantes: Giovanni Quaglia, René Vossenaar, Heitor Gurgulino de Souza, Miguel Genovese, Maria Dulce Almeida, Cristina Montenegro , Celso Schenkel, Maria Heleno Diogo, Junia de Souza Puglia. Local: Sala Luis Carlos Costa, Casa das Nações Unidas, Setor de Embaixadas Norte,

 

La Siesta

 

Um bom número de países da região latino-americana costuma praticar o descanso do meio-dia, o cochilo depois do almoço, também conhecido como a SONECA, do latim «sixta» ou a sexta hora. Nas regiões mais frias acreditava-se que era apenas para países quentes ou pessoas preguiçosas. Desde o final da década de 1990, o psicólogo Bill Anthony, diretor do centro de reabilitação psiquiátrica em Harvard, tem estudado os benefícios do cochilo contra o stress. Seus resultados mostraram que cochilando se melhora a memória para recarregar o cérebro, permite processar novos dados. Outros estudos postulam que, graças a 20 minutos de descanso, o desempenho intelectual aumenta em 20%. Estes fervorosos suportes da soneca enfatizam que ela também libera a criatividade. Entre os benefícios renova o nível de energia e permite você começar de novo como se fosse um novo dia. Pode-se considerar que a necessidade do cochilo da tarde é causada por mecanismos endógenos regulados pelo relógio biológico. (pesquisa na internet)

 

Não Ao Envelhecimento

 

A cientista norte-americana Elizabeth Blackburn explica como uma parte dos cromossomos pode interferir na forma como se envelhece. Os telômeros, como se fossem as pontas de um cadarço, costumam encurtar com o tempo e sobretudo devido à genética, ao estresse, à má alimentação e à falta de exercícios físicos. Pesquisas indicam que o estilo de vida pode melhorar o sistema de envelhecimento das células. A bióloga recomenda vida sadia e meditação. Mas também que se tenham bons propósitos na vida. Revista Ela 30\07\17

Notícias de início do Projeto sobre o Envelhecimento (Ageing)

Terminamos o projeto para que Paraty integrasse a rede de cidade criativas da Unesco e soubemos no dia 31 de outubro que o projeto foi aprovado recebendo uma das maiores pontuações entre as cidades mundiais aprovadas. Estamos agora com a mão na massa e já neste domingo reunimos o Comitê de Gestão para definir passos e responsáveis para a realização dos três produtos com os quais nos comprometemos: terminal pesqueiro, Centro de Formação e Observatório da Gastronomia.

 

Estou fazendo o curso O Processo Criativo no Parque Laje que termina em 13 de dezembro. Farei então a circulação de algumas ideias para aquecer nosso grupo.

 

ASS: Maria Helena Mueller

 

Pensamento avulso

 

Estamos perdendo nosso demônio para os caretas e covardes. Só se avança rompendo limites. Mas, em vez de expandirmos, estamos perdendo a saliência e buscando o caminho da banalidade e do puritanismo infértil. Caminhamos rumo a um autoritarismo travestido de ordem, mas que visa apenas engessar aqueles que pensam e vivem fora da caixa. Em vez de um país alegremente atrevido, estamos nos transformando num país castrado. Um país de pau mole. Lutemos pelo nosso demônio sagrado.

 

Martha Medeiros

“Revista Ela”

novembro 2017

A Diplomacia na Construção do Brasil (1750-2016)

Nosso associado Rubens Ricupero acaba de lançar um livro sobre a história da diplomacia brasileira. Rubens Ricupero desvenda a trama de influências nacionais e internacionais desde 1750 até os dias de hoje e nos oferece um livro oportuno para a compreensão de nossa história. Foi Secretário-Geral da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), com mandatos de 1995 a 1999 e de 1999 a 2004. E Subsecretário Geral da ONU no mesmo período. Cargos governamentais: Ministro do Meio Ambiente e da Amazônia Legal, 1993-1994; e Ministro da Fazenda, 1994.

 

Tese de Doutorado do colega Claudio de Menezes

 

Em Ciência da Informação pela UNB, aprovada em 11\2017: Título: acesso e compreensão de conteúdos em português por estrangeiros em bibliotecas digitais científicas: uma proposta metodológica e sua implementação. O texto completo da tese será disponibilizado proximamente. RESUMO: A sociedade do conhecimento se caracteriza pela veloz ampliação do acesso a conteúdos digitais e pelo uso das tecnologias de informação e comunicação, as quais disponibilizam instantaneamente tais acervos em qualquer parte do globo. Mercê dessa nova ecologia tecnológica, significativas transformações ocorrem nos serviços oferecidos pelas bibliotecas e no seu relacionamento com usuários, tanto presencialmente como à distância. No contexto dessa atuação além das fronteiras clássicas das bibliotecas e de uma necessidade de maior vitalidade linguística do português no mundo digital, a pesquisa objeto desta tese identifica alguns obstáculos ao acesso e compreensão de conteúdos científicos digitais por não falantes do português e propõe uma metodologia automatizada para facilitar a compreensão de textos científicos. A identificação das necessidades de falantes estrangeiros para acessar e compreender os conteúdos de bibliotecas digitais em língua portuguesa se fundamentou em dados coletados junto a estudantes estrangeiros francófonos, da Universidade de Brasília e da Universidade Charles de Gaulle (Lille 3) na França. O arcabouço conceitual interdisciplinar da tese está baseado em diversas disciplinas: arquitetura da informação, teoria da relevância, multimodalidade e no processamento da linguagem natural. A metodologia proposta no trabalho é operacionalizada por um aplicativo, desenvolvido em software livre na linguagem Python, que integra a filtragem de texto, a sumarização textual automática, a tradução por máquina e o alinhamento sentencial automático. Esse dispositivo computacional pode ser utilizado em qualquer biblioteca interessada em ofertar um serviço personalizado para seus usuários estrangeiros. Os resultados obtidos são encorajadores, possibilitam uma maior vitalidade da língua portuguesa no campo científico e oferecem um campo fértil para novas pesquisas na áreas abordadas pela tese.

 

ANIVERSARIANTES DE JANEIRO \ FEVEREIRO \ MARÇO

Janeiro

04\01 Luciana Fornari RJ

14\01 Giovanni Quaglia BSB

16/01 Joselia Oliveira BSB

17.01 Hermínia BH

21/01 Lucia Miller BSB

21/01 Carmen Lucia BSB

28\01 Sergio Rolim PB

30\01 José Ribamar

31.01 João Batista Pereira RJ 

Fevereiro

(formal 03.02) 05\02 Milton Thiago de Mello BSB\\RJ

07/02 Jacques Schwarzstein RJ

12\02 Maria Helena Mueller RJ

13\02 Ilacir de Carvalho RJ

14/02 Maria Inês Bastos BSB

16\02 Silvio Kaloustian SP

17/02 Juan Zavattiero BSB

17\02 Evelyn Rocha RJ

18\02 Fernando Witte RJ

23\02 Alfredo Costa Filho BSB

25\02 Marcia Prates BSB

25\02 Natan Holigman RJ

26\02 Junia Puglia BSB

27/02 René Vossenaar BSB

Março

01\03 Nelson Silva RJ

04\03 Jorge Sebastião RJ

10\03 Maria Elma RJ

27\03 Lucia Cubria RJ

29\03 Paulo Auge RJ

30\03 Maria Lucia Silgueiro BSB

31\03 Helle Rink RJ

Nosso colega Milton de Mello cumpre 102 anos e quer muito mais Nosso benemérito comemorou festivamente seu aniversário recebendo os amigos em sua casa no Lago Norte.

Expediente

Giovanni Quaglia / Presidente \ presidente.aafib@gmail.com; coeditor do Boletim;

João Carlos Alexim / Vice-presidente \ jc.alexim@gmail.com; editor do Boletim;

Antonio Celso Zangelmi / Vice-presidente \celsozangelmi2@gmail.com;

Maria America Diniz Reis / Tesoureira e diretora Núcleo RJ \ dinizreismaria@gmail.com;

Arabela Pereira Estrela Rota \ Secretária / arabelarota@uol.com.br;

Diretor Núcleo Brasília: Ralph Hakkert \ ralph_hakkert@hotmail.com;

Diretor Núcleo São Paulo: Udo Bock udobock@uol.com.br;

Gerente do Site (aafib.net): Sumaya Garcia;

 

Sede da AAFIB: Av. Marechal Floriano 196 Palácio Itamaraty: UNIC-Rio\ Centro\ Rio de Janeiro\ RJ \ CEP 20080-002.